sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Carta de um Suicida

"Sinto, mas faz tempo que quero dizer isso a vocês, não consigo mais ficar aqui,
eu amo vocês, amo meus amigos, e sei o quanto vocês vão sofrer por causa da minha decisão, especialmente a Ju, sei que ela me ama, e se em algum momento pensei em não não tomar essa decisão foi por causa dela, ela é tudo pra mim, e eu sei que ela me ama, sei o quanto ela vai sofrer, talvez ela venha a precisar de ajuda, por favor, pai e mãe, digam a ela que eu a amo muito, mas não estou aguentando mais e se aguentei até aqui foi por causa dela.
Diga aos meus amigos, que eles são essenciais para mim, diga a eles que os amo, e que lamento por certes vezes não ter lhes dado o devido valor. Diga também aos que eu briguei que mesmo durante nossas brigas eu os amei, e nunca os esqueci, e nem esquecerei nunca. Eles são parte de mim e sem eles não seria metade do que sou hoje, cada minuto com eles foi único.
Diga aos familiares que a culpa não é dele, eu sei que reclamei muito deles, e sei que neguei várias vezes sair em familia com eles, mas peça a eles que me entendam, expliquem que eu não estava emocionalmente bem.
Diga aos meus irmãos que eu os amo e mesmo com brigas e desaforos, falta de respeito
eles são eram uma fonte de energia vital para mim, só lamento ter dito "eu te odeio" da boca pra fora pra eles, quando eu podia ter dito "eu te amo" sinceramente.
Diga ao Bob, nosso cachorro, que mesmo não passando nem dez minutos semanais com ele eu o amo, e que ele ma fazia bem sempre que vinha me cumprimentar pulando em mim sempre que eu chegava em casa.
Peça desculpas a ele por eu ser tão ausente e sem paciencia, e fala também para ele parar de comer as meias, sim mãe, é ele quem "some" com as meias do varal, ele vai acabar passando mal.
E finalmente, mãe, pai, agradeço vocês por tudo mesmo, e peço que não se culpem
por tudo o que está acontecendo comigo. Sei vem como a vida de vocês é corrida
e o pouco tempo que vocês tem se dividem em quatro para poder ajudar todos os filhos e uma netinha, alias diga a Joana, que eu amo minha sobrinha, ela é meu anjinho e eu só queria poder ter dado um beijo nela antes de ir, ela era uma das pessoas mais importantes pra mim.
Mãe, não se culpe por não ter passado tanto tempo comigo, sei que você esta se culpando e chorando desesperadamente, mas por favor, calma.
Pai, sei o quanto você pensava que eu não sofria tanto, que era drama da adolescencia e tals, mas por favor, não se culpe também, você fez tudo por mim, eu entendo você.
Enfim, eu amo vocês todos, e não importa aonde eu esteja, sempre amarei.
O que está acontecendo agora é que não consigo mais aguentar tudo isso.
Essa foi a melhor escolha.
Amo vocês
beijos a todos
Robson"

Nota da autora: Suicidio é consequencia da depressão
e é o escudo dos fracos.
É uma fuga egoista, e um jeito de resolver seus problemas
e criar de outras pessoas!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Inteligencia Comprada

Sua intelignecia é comprada
Você paga e se acha sábia
Sabe decorado o que os livros dizem
Mas nem sonha com a realidade que muitos vivem

Baixa, Fresca, Mentirosa
Suas palavras de inocente
Escodem o que há na sua mente
Mas eu sei que atrás de tudo isso está uma pessoa horrorosa

Planos para o futuro prontos, todos comprados
E com sua falsa inteligencia, pagos
Há coisas que só a vida nos ensina
Onde você acha que vai parar, cretina?

Sua postura de boa moça; adolescente normal
Na sua cabeça oca ficar com mais de três é legal
Fala de romantismo e sonhos
Diz esperar o principe encantado
Se ele tiver que te aguentar, coitado!

Você precisa mesmo é crescer
Aprender com a vida, amadurecer
O que você aprente na escola
Só serve pra tirar nota

Suas músicas falam de sair a noite e curtir
Tudo o que passa na MTV
Você faz questão de ouvir
Mente fechada para opções sexuais
Mas bem aberta quando fala de pecados carnais

Cansei de te ouvir falar
Com falsas palavras me julgar
Cansei de te ver comprar

Uma inteligencia que não vai durar

sábado, 22 de novembro de 2008

Fred, o imaginário

Eu tenho um amigo, o nome dele é Fred, o Fred é um bom amigo, é alto, moreno, forte.
O Fred é sensível, compreensivo, inteligente,ele brinca comigo, e me ajuda sempre, Fred é o amigo que sempre quis.
Mas papai e mamãe dizem que eu não posso mais ficar com o Fred, só porque já fiz oito anos, porém, no ano passado eles me levaram ao psicólogo, porque diziam que o Fred não existia, o Fred ficou magoado, mas acho que a psicóloga viu o Fred triste, e deixou ele ficar por mais um ano, não entendi bem, mas ela disse pro papai que nessa idade é normal ter amigos imaginários, o que será que ela quis dizer? O Fred é tão real...
Hoje vi mamãe e papai brigando, dizendo que o Fred não pode mais ficar, que o Fred está atrapalhando meu desenvolvimento na escolinha, como eles podem pensar assim? É o Fred que me ajuda na lição de casa.
Mamãe me explico que o Fred não existe, o Fred ficou triste, pois foi ele que me ajudou a cuidar da mamãe quando ela ficou dodoi, então como pode o Fred não existir?
Papai disse que eu tenho que fazer mais amigos reais, mas o Fred é real, e aquela vez que ele me ajudou a cuidar do papai quando ele prendeu o dedo na porta do carro?
Hoje eles me levaram de novo naquela médica, a tal da psicóloga, ela explicou pra eles que eu tenho medo de estar sozinho, por isso eu criei o Fred, mas eu não criei, ele me encontrou um dia, no parquinho, quando eu brincava sozinho, e as outras crianças jogavam areia pro alto, ele veio, e me ajudou a terminar meu castelo. Ela disse que é normal, crianças tímidas, terem amigos de mentirinha, chama-se medo de se enturmar. Ela é gente grande, provavelmente também não entende o fato do Fred ser meu amigo.
Ela disse que pessoas inseguras precisam de uma compania vinte e quatro horas por dia, por isso eu imagino o Fred sempre, disse também que é parte do meu desenvolvimento, e que com o tempo passa, mas eu tenho que fazer amigos pra deixar o Fred.
Eu até teria amigos, se as outras crianças não zombassem do Fred, e de mim.
As pessoas grandes não entendem a amizade...

Já faz seis anos que o Fred se foi, meus pais estavam ficando muito preocupados comigo
e expulsaram praticamente o Fred daqui de casa, hoje entendo o lado deles, eu era uma criança de poucos amigos, mas uma coisa incotestavel é: O Fred existia, alias, existe, espero que a criança que esteja com ele cuide bem dele, ele é um bom amigo.
Fred chorou tanto quando deve de ir, eu também, mas ele me explicou que outra criança precivasa dele e que seria melhor pra mim, e que ele iria voltar um dia, e independente de eu ver ou não ele
ele sempre estará comigo, o Fred me ajudou muito.
Agora, mais velho vejo que o Fred até podia ser "imaginário" para os outros, mas para mim, ele ensinou algo real, o amor de amigo, o carinho.
E hoje sei que todos precisam de um Fred na vida para aprender certos valores que não se ensina na escola.
Fred formou meu carater, e me ensinou que eu não devo deixar de fazer amigos na escolinha
mas quando eles não estiverem perto posso contar com ele!

Toda criança tem um amigo imaginário, as pessoas grandes não entendem isso!
Ter amigos imaginários não é margem pra uma criança insegura ou tímida, mas uma criança talvez carente.
O problema é que as crianças carentes de hoje em dia não tem mais amigos imaginários
elas pensam iguais as pessoas grandes, elas foram obrigadas a crescer, e hoje seus amigos são os mais reais possíveis, tais como as drogas...
Nossas crianças cresceram de uma maneira brutal, continuam em pequenos e frágeis corpos, mas com uma mentalidade adulta, fria, livre de imaginação, cor, livre de amor, livre da verdadeira vida de criança.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Id. Censurada

http://id-censured-taresu.blogspot.com/2008/11/no-div-da-raffaella.html
Texto do Identidade Cesurada - No divã da Raffaella
Obrigada meu querido amigo, amei!



Dia dezoito de novembro foi aniversário do Indentidade Censurada, e quero dar um presente que ficará pra sempre, não é muito, não é material, mas vale...

Quando a gente começa a fazer teatro, nos chamam de falsos, fingidos, dizem que é fuga da realidade, mas sabem que o teatro é a forma de criticar a realidade que não gostamos.
Mal sabem que o ator é o mais sincero, porque pra poder incorporar uma outra pessoa
é preciso primeiro, incorporar a si mesmo.
É no teatro, nos palcos, nos cenários, nos atores, nos improvisos que achamos pessoas que
mesmo atuando, falam a verdade, são sinceros...
É no improviso de uma peça que a gente vê que o ator não foge dos problemas
mas encontra soluções criativas e sútis para eles...
E no sorriso final de cada ator, veja a superação de N problemas.
Deveriamos assim levar a vida, sendo verdadeiros, improvisando nas dificuldades

para terminar a peça com sorrisos e aplausos.

Id. Censurada, nunca conseguirei escrever como você me escreveu, mas achei que o tema básico Teatro, ia fazer seu tipo, ia te agradar.

Meu texto favorito dele (Dá nome ao blog dele):


Eu adquiri inteligência
Já nasci sem religião
Eu vejo o mundo como algo negro
Eu tenho medo de expressar minha opinião
Não entendo nada de história
Não entendo nada de cultura
Não entendo nada de política
Vivo com o pensamento nas alturas
Amo algo que não posso ter
Eu sou feio desde que nasci
Você acha que entendo de música?
Saiba que eu não assisto MTV
Eu não compreendo as pessoas ao meu redor

Não consigo ser solidário
Tento ser algo que não sou
Poucas vezes sou educado
Não consigo dar conselhos
Não consigo consolar ninguém
Eu guardo pecados como qualquer um
São poucas as pessoas que quero bem
Eu quero saber por que nesse mundo estou assim
Não gostaria que minha alma fosse atacada
Mas eu desejei tudo isso pra mim
E é por isso que minha identidade foi censurada

Obrigada por tudo...
Eu amo você, e você sabe o porquê!

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Certezas na incerteza

Já sentiu aquele frio na barriga de medo?
Mas que mesmo com esse medo, sentia um certo prazer?
Já esteve com alguém tão especial, que só de pensar em estar sem ela
vem uma vontade enorme de morrer?
Já teve vontade de chorar ao abraçar essa pessoa?
Mas, talvez, esse choro não seja de tristeza...
Já se sentiu tão fraco, que nunca se sentiu tão forte?
Já sentiu um vazio, um aperto no peito, por achar que falta alguém do seu lado, mesmo estando com mil pessoas?
Já se sentiu frágil só de estar com alguém, mas essa fragilidade é causada pela presença de tal pessoa? E mesmo sendo frágil perto dela, é assim que você que se sentir para sempre?
Já mudou seus planos por alguém, porque sabe que esse alguém vale realmente a pena?
E faria de tudo, mudaria mil planos, recalcularia mil rotas, só para ve-la bem?
Já esteve tão perdido, que nunca esteve tão encontrado?
Todas essas contradições, só fazem sentido pra quem já sentiu...
E talvez eu esteja errada, talvez ninguém saiba sobre o que estou escrevendo...
Mas quem já sentiu sabe, e mesmo na incerteza da certeza, sabe que cada uma dessas contradições
significam...AMOR

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

É o halloween!

Acho que passei a semana toda pensando em que pedido fazer no Halloween.
Mas antes de falar dos meus pedidos vamos saber um pouco mais de halloween.

Halloween, a história
O HALLOWEEN, ou mais conhecido como DIA DAS BRUXAS ou DIA DE TODOS OS SANTOS, é uma data originada da cultura céltica. Os celtas comemoravam nessa data o fim oficial do verão (Irlandês), o inicio do ano novo, e a abertura do portal entre o nosso mundo e o mundo dos espíritos e seres místicos em geral.
Nesta data acreditava-se que como os espíritos tinham livre acesso ao nosso mundo, iam a procura de um corpo para poder voltar a vida, por isso, os celtas usavam máscaras e apagavam as luzes da casa, para torna-la tão fria e desconfortável, e assustar os espíritos para não acontecer de alguém ser possuído.
Na noite do dia 30, precisamente 00:01 o portal do mundo mágico se abre, desde essa hora os seres tem liberdade pro nosso mundo, mas têm que voltar 00:00 do dia 31, se não estão condenados a desaparecer.

Doces ou Travessuras?
Essa história começou na Europa, onde as crianças vestidas com mascaras para espantar os espíritos, batiam de porta em porta pedindo "Bolo de Alma" que seria pequenos quadrados de pão com groselha, para cada pedaço ganho, tinha de fazer uma oração para um parente morto do doador.

Jack, o Lanterna ou Jack Cabeça-de- Abóbora
Tudo começou, segundo a lenda, com um homem , Jack, que era muito grosso e bebia demais, era violento com a esposa e filhos e um pecador nato.
Certa vez então, na noite de 31 de Outubro, Jack recebeu a visita do Diabo, que ia leva-lo, Jack então disse que queria um último copo de bebida. Quando terminou de beber, Jack disse ao Diabo que estava sem dinheiro e pediu ao Satã que se transformasse numa moeda, ao se transformar Jack trancou-o dentro de sua carteira onde havia um fecho de cruz.
Desesperado o Diabo disse a Jack que se o libertasse ia embora durante um ano, Jack aceitou sua proposta e o Diabo se foi.
Após um ano ele veio novamente buscar Jack, que dessa vez, muito esperto, pediu ao Diabo que lhe pegasse uma maça na árvore, quando o Diabo subiu para pegar a maça, Jack tirou do bolso um canivete e desenhou no tronco uma cruz, fazendo o Diabo ficar preso lá em cima, a proposta do Demo para o homem dessa vez foi que se Jack o libertasse, ele o deixaria em paz por 10 anos, Jack recusou a oferta e disse que se o libertaria se ele nunca mais voltasse, o Diabo, sem escolha, aceitou.
Jack resolveu mudar seu comportamento e ser mais gentil, começou a ir a igreja, fazer caridade e tudo mais, porém sua mudança não durou muito.
Dois anos depois Jack morreu e foi recusado no céu, pois tinha muitos pecados e pouco arrependimento, foi mandado ao inferno onde o Diabo, desconfiado, também o recusou. Mas o Diabo teve dó de Jack que não tinha um lugar, e decidiu dar a ele uma brasa para que assim pudesse vagar por ai. Alguns dizem que junto da brasa o Diabo deu uma abóbora para que pudesse carregar a brasa, Jack então colocou a abóbora em cima da cabeça, a qual perdeu um tempo depois num jogo com o Diabo.
Dizem que como todos os outros espíritos, Jack vaga por ai, e se você procurar bem verá uma fraca luz, é Jack procurando um lugar!

Pedidos e Moedas
Os pedidos devem ser escritos e dobrados e a meia noite em ponto devem ser queimados para que a fumaça seja levada com os seres pro mundo mágico, onde se realizaram.
Já as moedas devem ser juntadas e doadas para caridade, reza a lenda que os espíritos ficam felizes com isso e voltam tranquilos para seu mundo.

Bruxas
Não é atoa que é DIA DAS BRUXAS, todo ano essas criaturas vêm visitar nosso mundo, normalmente duas vezes ao ano, uma no dia 30 de Abril (nessa data só elas podem vir, já que é uma festa comandada pelo próprio Diabo) e no dia 31 de Outubro, onde mais uma vez o portal se abre.
Nem toda bruxa é má, mas nem todas são boas. Elas vem montadas em suas vassouras e dizem que algumas podem se transformar em gatos, por isso a crença de que gato preto da azar, porque pode ser uma bruxa disfarçada que pode ou não te lançar uma maldição.
Na noite do dia 31, se você quiser ver uma bruxa, basta usar a roupa do avesso e andar de costas (na NOITE do dia 31).

San Patrick Day's ( Dia de São Patrick)
Para quem acha que o dia do santo é comemorado junto ao halloween, olhe de novo o calendário.
O dia de Saint Patrick é dia 17 de Março.
Para ter sorte nesse dia use uma coisa verde, uma peça de roupa,
ou se você quiser entrar mesmo no clima, vistasse todinho de verde!


Significado das cores no Halloween
Laranja - cor da vitalidade e da energia que gera força. Os druidas acreditavam que nesta noite, passagem para o Ano Novo, espíritos de outros planos se aproximavam dos vivos para vampirizar a energia vital encontrada na cor laranja.
Preto - cor sacerdotal das vestes de muitos magos, bruxas, feiticeiras e sacerdotes em geral. Cor do mestre. Para se fazer uma magia é bom usar preto já que neutraliza qualquer tipo de ação reversa e impede que você absorva sua própria magia.
Roxo - cor da magia ritualística.
Verde-Cor da sorte em San Patrick Day's

Lista de Filmes legais do Halloween (Legais, não de terror)
-Abracadabra
-Convenção das Bruxas
-Gasparzinho
-O Estranho mundo de Jack
-Mansão mal assombrada
-Halloween Town, o portal
-Twiches, as bruxinhas gêmeas (1 e 2)
-Harry Potter (todos)
-Motoqueiro Fantasma
- A lenda do cavaleiro sem cabeça
-Halloween
-Hellboy
-A Feiticeira (foi gravado em filme)
-Os Irmãos Griim
-Da magia á sedução
*Sugestão:
Amigos+Filmes de Halloween+Pedidos a 00:00

Voltando ao meu problema, não sei o que pedir nessa data, eu poderia pedir paz mundial, que todas as pessoas tivessem moradia e que fossem boas, mas isso é querer mudar um mundo todo, e para isso é preciso muita magia, o que seria difícil, já que a magia só acontece pra quem acredita, e infelizmente, nem todos crêem na magia!

Feliz Halloween (amanhã ^^)

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

A moeda de um centavo


Estou completamente idgnada, como pode um absurdo desses?
Meu deus, onde o mundo vai parar?
Vocês na certa devem se pergutar agora "O que é tão indgnate assim Raffaella?"
e eu lhes digo: Fui em uma loja de R$ 1,99, essas lojinhas que tem em todo lugar, comprei uma florzinha de plástico para fazer um trabalho, fui ao caixa como toda pessoa normal, o preço da florzinha era UM REAL E NOVENTA E NOVE, e eu dei uma nota de DOIS reias para a moçinha do caixa, e pasmem, ela NÃO ME DEU TROCO DE UM CENTAVO!
Fiquei horrorizada, se não é pra ela me dar troco de um centavo, por que então cargas d' água existe moeda de um centavo?



Poxa, a pobre moedinha de um centavo existe e ninguém te da troco, em vez disso ficam se preocupando com a fome na África, com a crise na bolsa, com as crianças e seu futuro mal formado, os jovens marginalizados, a forma vaga de governo de cada país...Enfim, tudo de menos importante que a moedinha de um centavo que não é devolvida para nós quando compramos algo que está escrito R$ 1,99.
Isso é modismo, as pessoas caem na modinha de falar de aquecimento global, ilha de calor, furacão, atentado terrorista, bombas, guerras civis e esquecem por completo as verdadeiras causas grandes, como a moeda de um centavo, se ela não serve pra nada, por que existe?

Imaginem vocês o quanto já não fomos roubados, sim, porque com cem moedas de um, você tem um real, agora pare e pense em quantos centavos você deixou para trás, agora pense nas outras pessoas que fizeram o mesmo, e a quantidade de vezes...Você pensa que não, mas essa moedinha faz toda diferença, é só parar pra pensar...

Moedas de um centavo existem para serem usadas!
Isso é um enorme problema para o Brasil, muitas pessoas podiam estar ricas só por terem juntado moedas de um centavo...
Por favor gente, parem de ser egoistas e pensarem só no próprio mundo, nos adolescentes drogados, nos motoristas bêbados que causam acidentes, nos policias corruptos, e nos politicos que montam caixa dois (alias, podiam montar caixa dois de moedas de um centavo, mas eles nunca pensariam nisso, acham que as notas valem mais!) e se preocupem mais com as coisas importantes tipo a moeda de um centavo!





Pra quem não entendeu (não teve capacidade pra isso): O texto é ironico, e serve para cada um pensar em parar de se preocupar com coisas inúteis como celular da última geração, cor do esmalte, roupas de marca, carro importado etc, e parar para perceber coisas importantes citadas acima, como o aquecimento global e a marginalização de crianças e adolescentes, e pasmem, ainda estou intrigada com a história da moeda, embora o texto seja só para reflexão de problemas futeis e importantes, eu ainda não sei então para que serve a moeda de um centavo!

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Dia das crinaças


Obs: Clique na imagem pata ver melhor


O dia das crianças está chegando, para os que já estão crescidinhos, não faz muita
diferença...Mas para as crianças faz!
Elas ficam loucas por aqueles brinquedos legais que passa na tv, aquela boneca, aquele carrinho...
Cada uma quer uma coisa, um mais legal que o outro, um mais caro que o outro.

Para os pais um gasto forte, porém que vale a pena, já que aquele sorriso estampado na cara
da criança faz o investimento valer teu preço.

É, dia das crianças, dia de festa para os pequenos.
As crianças com pais mais favorecidos no sistema capitalista tem os presentes que querem, as de pais menos favorecidos tem os presentes que dá pra comprar...Mas, e as que não tem pais?
Ou aquelas que tem que escolher entre o pão para a familia toda e o presente só para ela?
Essas ficam sem presentes, numa data tão feliz para uma boa parte das crianças...Para essas crianças, muitas vezes, o alimento é o maior presente!
Pode paracer dramático, mas é nesse drama que essas crianças vivem.

Nessa época é legal procurar uma ong ou entidade de crianças para fazer doações de roupas e brinquedos em bom estado (claro, criança de rua também quer brinquedo legal, também sente frio e precisa de roupas que as protejam, precisam de cobertores em bom estado).
Tem alguns lugares, os quais não tenho o site, que fazem a entrega dessas doações nas periferias
e nas ruas, onde se encontram as crianças nessecitadas.

É bom cuidar um pouco dos nossos pequenos, eles precisam de um pouco de carinho, para não crescerem frustrados com o mundo e não cairem na violencia.
Vamos provar pras nossas crianças que no mundo ainda há solidariedade!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

É amor (?) (!)


E é o brilho dos teus olhos que me faz acordar
É o som da sua voz que me faz querer viver
Aquele frio na barriga a cada beijo
Aquele conflito entre alegria e agonia
A vontade de estar sempre com você
Aquela tristeza quando você sai
Sou pequena e incerta
Mas sei o que sinto
Se estou certa, é amor

sábado, 27 de setembro de 2008

Amigos e amigos...


Olha, eu lembrei que tenho um blog!



Desculpa gente, fiquei um tempo sem escrever devido a semana de provas no colégio e a falta de inspiração pra escrever algo de fato bom.

"Quando você tem uma dúvida no coração ou está passando por alguma dificuldade sempre vem a vontade de dar um telefonema ao seu melhor amigo. Quando isso acontece, na verdade, seu anjo da guarda acionou um contato com o guardião do seu amigo. É ai que acontecem as coincidências: Você está saindo para a casa da pessoa e ela vem ao seu encontro ou então, ela liga ou já deixou recado etc.
Você sabia que tudo isso no plano astral 48 horas antes do encontro ou da ligação ocorrer? Não é maravilhoso?"
(Trecho do livro A Mágia dos Anjos Cabalísticos por Monica Buonfiglio)

Acreditar ou não em anjos é uma opção pessoal, eu particularmente acredito muito, mas isso não vem ao caso, já que o texto não é sobre anjos ou religião e sim sobre amigos.

Ultimamente tenho visto pessoas que não acreditam em amizadade sem ser pai, mãe e irmãos.
Até concordo que nada substitui a família, e que não há ninguém que possa fazer mais por você que seus pais que te viram nascer, mas amigo é justamente para desabafar os problemas de casa, com a família, amigo é pra todas as horas.
O que me deixa completamente boba, é ver que as pessoas não acreditam em amigos, pessoas que dizem que não existe amigo e que ninguém vai te ajudar sempre.
Tais pessoas não devem ter amigos, nunca tiveram, e pensando assim não vão ter.
Amigo não é só aquele que diz "te amo" freneticamente, que aparece em todas suas fotos
e que sai sempre com você, amigo é muito mais que isso e as vezes se revelam de formas inesperadas, de formas que você nem pode imaginar, muitas vezes as pessoas que você menos espera são seus AMIGOS reais.




Mas, como tudo no mundo, há aqueles que se fazem de amigos e não são.
Os falsos amigos, te enganam de uma forma absurda, você acreidta nele, gosta dele, faria tudo por ele, e ele, na verdade, nem gosta de você.
É a vida, existem pessoas que são mais falsas que nota de três reias e você demora um bom tempo pra descobrir quem elas realmente são...Deve ser por isso que a maior parte das pessoas está incrédula com a existencia de amigos.
Há amigos que não são falsos, mas quando você precisa deles eles saem fora.
Isso não é amigo.
Amigo está lá SEMPRE e PRA TUDO.

Você tem um amigo verdadeiro? Que faz de tudo por você?
Considere-se uma pessoa completa!
Você não tem um amigo?
Preste mais atenção, as vezes eles vem disfarçados!
Você tem um amigo falso?
Cuidado! Livre-se dele, antes que ele se livre de você, da pior forma!

"Se faz de boba e nem percebe, que a falsidade te persegue
ele é o amor da sua vida, mas já chegou na sua melhor amiga..."
Forfun- Seu namorado é um cuzão

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Mundo Subdesenvolvido

Quais as causas de um mundo subdesenvolvido?
O titulo do texto diz tudo sobre o assunto que vamos tratar aqui hoje, mas para falar de “mundo subdesenvolvido” suas causas e conseqüências, nós precisamos, de inicio entender o que é subdesenvolvimento.
Bom, sabemos que no mundo de hoje, tudo gira em torno do dinheiro. Mas e quem não tem? Pois é, quem não tem, não é. É terrível ter que dizer isso, mas é a verdade nua e crua, e para falar de subdesenvolvimento é necessário falar isso.
Essa falta de renda em certos países foi criada graças à colonização feita de forma exploratória, e/ou péssima administração no inicio do desenvolvimento do país. Como esses países não têm dinheiro, não podem investir, sem investimento, não há desenvolvimento.
E também temos imensas potencias com muito dinheiro, e com inesgotáveis formas de desenvolvimento.
Tais países por terem mais dinheiro podem investir mais, e conseqüentemente ganhar mais.
Agora que já entendemos o porquê essa diferença monetária acontece, podemos falar de suas conseqüências para o mundo, para sua própria população e para todo o sistema de desenvolvimento do país.
- A primeira conseqüência é:
Que sem renda, o país corre risco de fome e miséria, seu governo não pode investir em educação e saúde, sem isso é praticamente impossível que o país cresça financeiramente.
- A segunda é:
O país passa a ser alvo de exploração total de outros países com mais renda, não apenas na mão de obra barata, mas nos produtos de exportação que saem muito baratos.
Isso acontece por que como não há empregos no país a população aceita trabalha por qualquer coisa. Idem com a exportação, com a falta de compradores, os produtos são desvalorizados.
- Terceira grande conseqüência:
Grande índice de violência na busca por comida e vários protestos e guerras civis numa busca de melhores condições.

Agora, você deve estar se perguntando:
“Quais são as soluções pra tudo isso?”
Não é tão difícil, de inicio o fim da exploração da miséria dos povos que vivem nisso.
- Um melhor planejamento de governo, baseado em investimentos de pouco custo também poderia ajudar bastante. Se cada governante fizesse seu plano de governo para reajustar a renda do país, com aumento de empregos e melhores condições em pouco tempo teriam condições de pegar emprestado dinheiro com outros países para fazer aplicações e com aplicações certas e que tragam mais renda, a divida poderia ser paga em pouco tempo e sem muito custo.
- E depois os países com melhores condições deveriam propor um tratado de ajuda, já que parte da miséria desses países é culpa deles.
- Grande parte do problema é que vários países não querem nem saber de ajudar os países mais necessitados, pois seria um grande gasto para o governo, e nesse pequeno mundinho capitalista, onde o dinheiro sempre fala mais alto, mexer nas economias significa grandes taxas de juros mais tarde, ou uma eterna dependência de tais países como forma de pagamento.
A falta de solidariedade não está apenas entre as pessoas nas ruas dos países, esta entre nossos representantes legais, está no mundo todo. E é só por esse simples fato que o mundo talvez não tenha solução!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Não chore, escreva

Sabe quando você precisa de alguém para te ouvir?
Acho que é disso que todos precisam...Alguém, que te escute, que te entenda, as vezes seria
ótimo ter uma cópia de mim, tipo aquela que a gente faz de foto no computador?
Igualzinha...Só pra poder conversar, desabafar, e saber que estou sendo entendida.

Não sou só eu que preciso disso, todo mundo merece ser compreendido, por mais dificil que seja.
Mas acho que a menos que tivessemos uma cópia exata da gente, nunca seriamos entendidos. Até porque, nunca dizemos TUDO que sentimos e precisamos, e ninguém nunca vai saber o que você pensa no seu mundinho...

Sabe quando você se tranca no quarto, liga o som com aquela música que te faz viajar, e o mundo lá fora parece sumir? E ninguém entende o porquê você gosta tanto de se isolar um pouco, e você só se isola, porque só você sabe como se sente? É isso que as pessoas precisavam fazer as vezes,
entrar em harmonia com si mesmas e seus pensamentos, assim da pra aguentar um pouco mais o sentimento que te atinge,seja ele qual for, sem precisar desabafar. (Y)

To quase no final do texto, e to percebendo que não dá pra se trancar para sempre no quarto com seu mundinho
e se esconder do resto do mundo...Temos que sair...Mas e quando as coisas não vão bem?E quando sua vontade é NUNCA MAIS SAIR? E quando você PRECISA conversar, mas não se sente seguro falando com ninguém? E quando você tem aquela pessoa especial, mas não pode falar ou porque o assunto é ela, ou porque...Ou porque qualquer coisa?
Sabe qual o jeito que encontrei de não remoer tudo isso sozinha? E sem precisar dividir com pessoas em especial?
EU ESCREVO...AQUI (e em qualquer lugar).

Pode parecer bobo, mas escrever é a melhor forma de você desabafar, mesmo não tendo ninguém que te entenda, até porque você teoricamente está desabafando consigo mesmo.
Escrever talvez seja a melhor forma de expressar tudo o que sente, ou você pode falar sozinho...
O que além de meio estranho (embora eu faça), é frustrante, porque você fala, mas ninguém te escuta e entende...

Entender a nossa mente é dificil, mas precisamos, já que temos que viver com ela xD
Então...Achar soluções alternativas para não cair numa depressão é legal...(Sim, se matar está fora de cogitação)

domingo, 7 de setembro de 2008

A sociedade prepara o crime , o criminoso o comete

Por quantas vezes ele se deparou com o errado? Por quantas vezes ele fez o certo?
Pouca chance tinha de seguir o melhor caminho, tantas oportunidades teve de ficar parado.
Aquele pequeno guri de rua, magro, desnutrido, ia crescendo aos poucos.
Tinha a vida sofrida, não sabia de sua mãe, de seu pai muito menos, vivia num barraco, no alto do morro, mais dois irmãos mais velhos, não sabia o que era o amor, não tinha carinho. O conhecimento havia passado longe, a escola sempre lhe atraiu, mas nunca freqüentou.O que aprendeu foi na rua, nunca soube ler ou escrever, nunca soube contar, desde pequeno fora forçado a trabalhar.

Os irmãos pouco cuidavam do garoto que aos doze anos, sem rumo ou destino certo, fugiu de casa, bateu a porta, ninguém mais o viu.Pouco tempo depois o acharam no chão, com fome, doente. Seu caminho foi o orfanato, onde era maltratado, sentia-se só, queria sair dali, mas essa foi sua casa até os quinze anos.
De lá fugiu, pouco aprendeu lá, sabia subtrair ou somar, não sabia sobre letras, pouco entendia de cálculos, mas agora tinha que voltar a trabalhar, tinha que sobreviver seguir sua vida.Reviu os irmãos por pouco tempo, na televisão de uma loja, onde o noticiário dizia que os criminosos haviam sido presos em flagrante.

Teve medo de seu futuro, não tinha nem que comer, não poderia trabalhar, já que nem seu nome sabia escrever.
Seu destino foi cruel, não queria roubar, mas não tinha escolha. Começou com os pães de uma padaria e algum tempo depois as casas da região estavam sendo esvaziadas durante a noite.Os anos se passaram, o menino havia virado um homem, amargurado, revoltado e acima de tudo solitário.Nunca mais se ouviu falar do pequeno guri que vagava por lá.Havia voltado pro alto do morro, com roubos continuou a viver.
Já era fichado na policia, já era bandido conhecido e temido.
Ninguém nunca o enfrentaria.

Um dia durante um roubo numa casa o inesperado aconteceu.
Alguém, louco o bastante, o enfrentou.Pai de família, mulher e filha, não poderia deixar aquele homem atirar.O pai tomou um tiro, saiu ferido, o bandido, fugiu, foi perseguido. Sentiu-se encurralado, mas mesmo assim estava distraído pensando em porque aquele homem se jogou na frente da menina.
A policia o encontrou, numa ponte, onde ele se jogou.
Alguns minutos antes reviu sua vida e viu o quanto tinha sido vazia.
Aquele homem, culpado de tudo de ruim que aconteceu, foi ele que escolheu ser bandido...
Foi ele quem não estudou, ele quem optou por roubar...
Se bem que, no lugar onde vivia, com as pessoas que vivia, com tudo o que passou sem pai ou mãe, sem ajuda de ninguém, sem assistencia...

Pensando bem a culpa não foi só dele, a sociedade o criou para ser marginal.

A sociedade prepara o crime , o criminoso o comete!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Principio Básico de você

A inquietação vem toda vez que você vai
O medo bate sempre que você sai
De um lado ao outro
Tento não me iludir
Mas não tem como negar que você é meu porto
Isso não tem nem como fingir

Tento arrumar uma fuga,ganhar asas
Desaparecer além do fim da rua
Não quero te enganar
Nem me impedir de conquistar
Algo que demorei pra conseguir
Pode ter certeza
Que pra você não vou mentir

Não quero certezas, aguardo o futuro
Sem pressa, mas com sentimento puro
Fazer versos para dizer o que sinto
É tão simples que parece que minto
Só não deixarei você ler
Com medo do que possa dizer

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Aquele estranho jeito...

A parte ruim de se sentir bem, é o medo que acabe rápido demais!

Todos dizem que é dificil se relacionar com atores, já que por atuarem bem nunca se sabe quando estão mentindo...Mas ultimamente me deparei com uma serie de pessoas que não são atores e finjiram bem por muito tempo, enganaram a todos e mais que isso, enganaram a mim...

Meu maior medo é que por essas pessoas você perca a fé em mim, que você perca aquela pontinha de esperança que sempre teve que eu era muito melhor do que falavam.
Maior que esse medo é que você não goste da verdadeira menina que mora dentro de mim, aquela que só você conhece, mas não tem certeza...
As coisas estão indo tão bem, nunca imaginei que minha vida pudesse estar tão perfeita como nos últimos dias, o único medo é que isso acabe, que isso se vá e passe por nós vagamente, e que após um fim, não passe de mera lembrança, quase que apagada em sua mente.
Temos um estranho jeito de nos relacionar...Aquele estranho jeito...
Tivemos conversas bem intensas, e mudamos muitas coisas em nosso dia a dia, pra mim tudo mudou, para mim todos mudaram. Mas quando tudo e todos mudaram você estava lá, ao meu lado, me apoiando, e pior do que perder o sentimento atual, é perder o que já existia a tempos.
Sei o que acontece, sei o que falam e o que pensam, sei o que tentam por na sua cabeça, mas confio no seu julgamento, mesmo com medo sei que sou capaz de te provar que eu sou o melhor quando quero. As pessoas nem me conhecem, nem sabem ao certo quem sou e o que quer da vida, elas dizem que eu não me acerto com ninguém por que gosto de "farra", mas é mentira
nunca fui chegada em baladas e ficar com carinhas quaisquer, nada contra quem faz, é normal, mas eu prefiro sentir o "algo a mais" de uma pessoa especial. Nunca me acertei porque nunca achei alguém que me fizesse sentir assim, por isso nunca durei muito tempo com alguém, as pessoas que não amo, me cansam facil, e por isso não dura muito.
Mas o que as pessoas esquecem também é que não é importante o QUANTO dura, mas o COMO acontece...
Só pesso uma chance de provar que os outros estão e sempre estiveram errados, sei o que sou e posso provar, é só me deixar...

Tantas coisas aconteceram, mas o que me conforta é olhar pro lado e te ver ali
você sempre passou a todos uma imagem fria e sem sentimentos, mas sei que as coisas não são assim, sei que você é... Você tem aquele jeito extremamente bobo, que me faz rir, e as vezes me deixa sem graça, e mesmo com as brincadeiras idiotas, de algum jeito muito estranho me sinto bem e confortavel...

"Deixe o tempo curar esse estranho jeito de amar..."

domingo, 31 de agosto de 2008

Aquela amiga...


Meu post de amanhã vai tratar de assuntos interessantes para humanidade, hoje vou fala de uma coisa, melhor, uma pessoa, que tem importancia PRA MIM!

Certas vezes precisamos nos decepcionar com quem amamos, para admirar quem nunca prestamos atenção. A pessoa sobre a qual falarei hoje se revelou alguém que nunca esperei
e eu acho que mais que qualquer uma ela merece esse texto e muito mais!

Eu nunca esperei a ajuda dela, até mesmo quando começamos a nos falar, eu sempre achei que se eu precisasse de alguém do meu lado ela não ia se meter na história.
Mas quando me derrubaram e eu pensei que estava sozinha, e que estava sem ninguém pra me defender ou ficar do meu lado, ela apareceu, sem eu nem pedir, foi espontaneo.

Ela me aguenta no colégio todas as manhãs, me ouve falando de cometas, baratas, e outras besteiras mais, mas ela sabe que é tudo brincadeira.

Hoje, eu não sei mais o que faria sem ela.
Tipo, nossa relação era só de colegas de sala, depois evoluiu para amigas, e hoje eu não vivo sem ela..Ela é parte da minha vida.

Barbara, esse é o nome dela...A pessoa que me ajuda sempre, a pessoa que me faz rir e que ri comigo, a pessoa que comemora cada vitória do Palmeiras comigo, a pessoa que chora comigo se precisar...

Posso dizer que a Báh é aquela amiga que toda menina precisa ter para ser feliz...

Nos últimos meses passamos cada coisa maravilhosa, risadas, fotos, bebidas, jogos de cartas, jogos de futebol, festinhas, meninos, dia do estudante...Ahh tanta coisa que eu nunca consiguiria falar aqui!

Bááh seu aniversário foi segunda, mas a semana inteira comemoramos, sabe porque?
Porque você merece, porque você é foda pequena e EU TE AMO baixinha.


"Tamo fudido \o/"
"Tipo eu vejo o pinguins que saem da minha geladeira de terno"
"shiiiiiiu, disfarça"
spokpoafkopakfpoakgopa- só estando lá para saber!
Obrigada por tudo!

sábado, 30 de agosto de 2008

Politica, decisão em nossas mãos

Hoje fui até o centro compra o presente de uma amiga.
Como é epoca de eleição a rua estava LOTADA, o transito um caos, os cruzamentos
fechados, havia panfletos jogados no chão por todos os lados, a cidade estava um horror!
Os politicos sempre dizem que vão melhorar a cidade, mas já começam da forma errada, eles
prometem melhorar o trânsito, e despoluir as vias públicas, mas durante os comicios eles mesmos sujam, ou seja, limpar depois que eles ganham, não é mais que uma obrigação!
Gosto de pensar que a cidade, o estado, o país, não precisa de mais um político. Afinal ser politico é tão facil, nem é preciso ser formado e ainda ganha bem para ,as vezes, fazer pouco.
Por que não apostamos nas verdadeiras profissões que ajudam de fato esse país?!
Ser bombeiro, professor, lixeiro etc...São profissoes extremamente simples, que não ganham muito e que por várias vezes a pessoa tem que executar por amor ao trabalho, e não pelo amor ao dinheiro.

O que mais me irrita em epoca de eleições é que somos OBRIGADOS a votar em pessoas que não confiamos de forma alguma. Outro ponto da politica que é baixo é aparecer na tv usando um texto dramatico ou forte para persuadir a mente do pobre eleitor, e em certas vezes apelar
para: Time, religião, opção sexual etc.
"Corinthiano vota em corinthiano" que baixaria, usar o time para convercer alguém que você é bom! E não é só isso, viver a sombra reputação do pai também não é um golpe muito limpo ou aproveitar-se da fama para ganhar as eleições não é a coisa mais honesta do mundo.
Há campanhas politicas mais limpas, mas eu não acredito que hoje em dia há um partido ou candidato limpo de fato. Estou desacreditada na politica, seja ou não do Brasil.

O problema não é só quem está no poder, mas também quem MANTÉM esses no poder. A população está muito sossegada com o que acontece no governo, reclama e reclama, mas não faz muita coisa para mudar.
Eu acredito que temos que pensar melhor nas campanhas e analisar não só os argumentos dos candidatos, mas analisar também o comportamento com o meio ambiente e com a cidade
porque sinceramente eu não votaria em nenhum dos partidos que vi fazendo propaganda hoje.
Além de fazer um barulho desnecessario na rua, ainda pararam o trânsito e poluiram as ruas!

Algumas vezes as pessoas tinham que parar para reparar que nem sempre o partido com melhor campanha é o melhor, as vezes aquele pequeno partido que ninguém sabe o nome (ou a sigla)
é o melhor, com propostas e canditatos mais limpos.

Mas mesmo assim, sou contra politico ganhar salario, acho que tinha que ser algo voluntario
assim iriamos garantir que eles estão lá por amr á nação!
Mudar nosso sistema de governo e de candidatos seria a melhor opção!


Para as pessoas que pensam que eu não sei sobre o que estou escrevendo
que fiquei claro que conheço de perto o povo que precisa de assistencia gavernamental
conheço muitos candidatos bons, mas continuo desacraditada no sistema.
Confortados com a situação é quem não protesta isso, e não quem fala sobre o assunto
e ainda faz serviços com crianças carentes e ve de perto as aflições que uma pessoa passa, além de ter frequentes conversas com uma assistente social.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Aborto


Sei que eu havia prometido um texto sobre politica para hoje, porém hoje, uma causa maior que a politica falha de nosso país me chamou: Aborto.
Hoje minha professora de biologia resolver nos falar sobre aborto, tema muito debatido, mas pouco pensado.
Vou adivinhar os pensamentos de todos:
1- Sou a favor quando: Estupro ou situação de risco para a mãe e para o bebê
2- Sou contra quando: Não é um dos casos sitados anteriormente
A maioria das pessoas pensam assim, mas pensem melhor...É uma vida que está em jogo.
Até concordo que o feto não esteja formado e tals, mas mesmo assim...Se você faz o aborto
nunca saberia o amor que uma criança poderia lhe trazer, a gente aprende a amar esses pequenos desde a barriga materna, e eu não consigo imaginar uma pessoa que deseja desesperadamente retirar algo que faz parte dela. Pior que ser a mãe que aborta é ser a enfermeira ou médico que realiza o aborto...Como pode?! Além de poder causar sérios riscos a saúde "materna" acaba com uma luz no mundo.
Em caso de estupro eu talvez seria a favor, mas pensem que não importa o que um
estuprador nojento faça, essa criança pode nascer abençoada em tudo. Observe os casos:

1-O pai tem asma, a mãe tuberculose
eles tem três filhos, um surdo, um cego e teriam mais um, mas morreu
e a mulher está novamente gravida.
Nessa situação, você abortaria?
2-Um homem branco viola uma menina de 13 anos negra, ela engravida.
Você recomendaria um aborto?
3-Uma senhora gravida passa por sérias dificuldade financeiras, já tem filhos e dois morreram.
O aborto seria a sua opção nesse caso?
4-Uma moça está grávida, já tem 14 filhos, e seu marido foi mandado para guerra.
Sua opção nesse caso seria o aborto?
5-Uma moça está grávida, não é casada e o noivo não é pai de seu filho.
O que você faria? Abortaria?

Se sua resposta foi sim em alguns dos casos olhe o que você teria feito:
1- Mataria Beethoven, um dos genios da música
2-Uma das maiores cantoras negra do mundo Ethel Walters
3-O homem que ajudou a mudar a igreja catolica João Paulo II
4-John Wesley um dos maiores pregadores do mundo
5- Jesus Cristo

Cuidado a fazer um aborto, você pode estar, além de se prejudicando, matando algum futuro genio.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Salada de pensamentos

Foto por: Raffaella Filippetti

Essa semana desde sábado tem sido muito boa para mim, tem acontecido coisas boas, mas isso vem de atitudes e pensamentos bons.
Mas esse não é o tema de hoje.
Nosso texto de hoje trata de felicidade, mas não a minha, a nossa.
o texto traz também acontecimentos, fatos, relatos, acho que o texto de hoje
fala sobre bastante coisa, tem muitas informações, porém as informações não são sobre o mesmo tema, nem ao menos tem a ver uma com a outra. Não sei, são desabafos que eu não soube trabalhar num texto próprio.
E eu gostaria de avisar ao meu grande amigo Thales, que espere até amanhã para ler aqui o texto sobre politica que ele havia me pedido.

As pessoas estão sem tempo para olhar pro céu do campo, pena, ele está tão bonito.
Estamos criando uma sociedade ignorante e mal evoluida, cuja a qual, está decaindo por causa disso, criticas todos fazem, mas poucos ajudam a mudar.
Ninguém mais tem tempo pra se esticar na relva e pensar nas coisas boas e simples da vida.

O mundo é relativo sabia?! A começar pela física, onde tudo depende de um referencial.
Certo ou errado são coisas extremamente relativas. Estar só também é relativo, já que estar só pode depender de um estado de espirito. e pasmem, felicidade e tristeza ou até o amor
também são relativos, já que, a minha felicidade pode ser sua tristeza...

Paixão é diferente de amor, porém fica bem dificil definir um e outro, cada um vê o amor como quer, isso algumas vezes até atrapalha porque as pessoas dizem "te amo" sem saber que
estão confundindo com paixão que é o "fogo" sem sentimento fixo e destrutivo. Amor
é um sentimento forte, e , me desculpe quem faz isso, mas é impossivel estar apaixonado hoje
e amanhã não estar mais, isso é paixão ou as vezes nem isso...

As vezes acho que tudo que as pessoas precisam é de um minuto com seus pensametos
vivemos numa atormentada sociedade, onde mal temos tempo para respirar. Acho que ninguém é mal compreendido, só precisam por as ideias em ordem.
E em diversas vezes precisamos desabafar, mas...Só queremos ser ouvidos, e não que o nosso
"ouvinte" dê palpites na situação...As vezes só precisamos de um olhar que diga "pode chorar
eu estou aqui, e não vou te perguntar o que aconteceu" as vezes só queremos um abraço.

Estou admirada com o número de pessoas que criticam as coisas e não mudam.
É simples: não gosta de alguma coisa? Não sente e reclame, mude-a. Ou faça melhor ou não ouse reclamar.

Perdão existe, principalmente quando gostamos de alguém, então perdoe, só tome cuidado
preste atenção se isso é a coisa certa, mas cuidado (novamente) o certo é relativo.
Enfim, cuidado para não ser bobo (a).

Estou preocupada com o futuro do planeta, o futuro dos homens...

Estava essa semana pesquisando sobre o Caso Roswell, gosto de arquivos alienigenas
prova aos homens que não são tão bons assim, e que não são as melhores e unics formas de vida inteligentes. Seres humanos não são complexos, nós que complicamos tudo!
Outras formas de vida provam que o homem são coisas minimas com sua tecnologia
e seus pensamentos em sociedade atrasado. Gosto disso.

Ouvi uma vez dizer que há dois tipos de memória: a subjrtiva e a objetiva.
A subjetiva é quando o momento acontece, mas como esta acontecendo você não repara bem em detalhes.
A objetiva é apos o acontecimento em que você lembra dos detalhes, e repara neles
isso seria memória...
Exemplo: Quando você vai a uma festa, na hora da agitação e movimento você
vê as coisas e até repara mas não grava ou dá tanta atenção. Apos a festa você sai com um amigo e vocês começam a falar sobre o que aconteceu, esses comentarios são a parte
objetiva da memoria, a do seu interesse. Achei isso tão interessante.

Eu poderia ficar aqui a noite inteira falando desses pensamentos soltos, mas
tenho prova amanha, e começo a ficar ansiosa demai para ver o texto pronto
e me atrapalho no raciocinio!

E sim, sei que meu estilo de texto vária bastante, mas são fases cujas qual eu passo
e escrevo, e sim meus texto estão mais..."alegrinhos" digamos assim, porque eu de fato
me sinto melhorzinha sabe? Como eu disse:
pensamentos positivos + atitudes positivas + acontecimentos positivos = Textos em novos estilos.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Vingança

Pensamentos negativo vão me levar para baixo.
A vingança pode até ser doce, mas alguns doces são enjoativos e podem
te fazer mal.
Pensar sempre em vingança é uma atitude mental que rejeita sua própria
felicidade e sucesso.
As vezes temos vontade de nos vingarmos de alguém que nos fez mal, mas pode deixar, não se preocupe com quem te derrubou, uma hora ela cai sozinha e se machuca, mais do que você quando foi derrubado por ela.
O sentimento de vingança é algo frequente em nossos pensamentos, é algo comum em seres humanos, querer ver o proximo se dar mal é algo que desejamos por várias vezes, mas não lva a nada.
Deseje o bem, de coração, para seu próximo, seu inimigo, ou concorrente. Pense que se ele rejeitar esse bem que você deseja, volta em dobro para você.
Tentar "ferrar" a vida do outro pode acabar TE prejudicando.
Deixe que o destino cuida disso. No final tudo se ajeita, pode ter certeza!

sábado, 23 de agosto de 2008

Sem Nome


Foto por: Raffaella Filippetti



Tentei, a pouco tempo, mandar no coração, porém reparei que ele escolhe, ele manda em mim.
Fiz o que achava certo, sem pensar que o errado talvez fosse a saída melhor.
Cometi acertos, mas nunca pensei que eles podiam ser tão errados assim.
As coisas ficaram fora de controle.
Eu não sabia o que fazer.
Quando te encontrei sabia que era errado tentar me enganar.
Mas fazer o que? Quando era você quem eu sempre rezei para encontar?
Me forçei de todas as formas a não pensar em você.
Tentei evitar tudo isso.
Mas olha onde fomos parar.
Sentada, tento mudar de assunto.
Pensar nos problemas do mundo.
Mas fazer o que? Quando você é parte do meu mundo?
Tento distrair a mente.
Mas sempre tem um jeito de eu voltar a pensar.
Construi bases em cima de várias pessoas.
Algumas quebraram rápido, outras até ficaram por mais tempo.
As vezes desejaria voltar atras e não colocar tanta espectativa em algumas pessoas.
Mas olha só, logo em você percebi que podia me apoiar.
E eu que achava que nem nossa amizade pudesse durar.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Violência


Antes de começar mesmo o tema de hoje queria fazer os agradecimentos ao
pessoal que me mandou emails perguntanto se eu estava melhor daquela
fase ruim. Sim estou obrigada pela preocupação.
O legal de receber o email de vocês foi que vocês não me conhecem
pessoalmente, nem eu, vocês são meus leitores, e tiveram a sensibilidade
de sentir o que eu eu escrevo.
Obrigada!


Vamos ao hoje!

Pensei em vários temas par escrever aqui durante o final de semana.
Porém são coisas que devem ser debatidas calmamente e com cuidado.
Cheguei a pensar em notícias polêmicas que deveriam ser melhor esclarecidas, pensei também
em escrever sobre ciúme ou infancia,pensei em falar sobre o futuro,vestibular, me veio na cabeça o tema ''amigos'', já que certas vezes esperamos contar com um "amigo" e descobrimos que tal pessoa, não é nosso amigo verdadeiro, pensei em falar de música, de religião, politica e até de traição.
Mas desisti hoje de todos esses temas. Não sei bem ao certo o porque

quis desistir desses temas, na minha mente eram ótimos temas a serem debatidos, mas talvez
eu precise de um pouco mais de estudo para falar sobre eles.
Vocês devem estar pensando: "Então sobre o que diabos você vai fala?"
Tai, eu não sei, vou improvisar, então se o texto de hoje não ficar bom
vocês sabem o por quê.


Vamos falar sobre violência, ta bom?
Bom, vamos pensar o que é violência?
"Algo ruim, pronto, acabou!"
Não é só isso, vamos parar e pensar um pouco, afinal, parte da violência
de hoje é culpa de não pensarmos.
Vivemos em um mundo violênto?
Sim, lógico, a violência é uma consequencia da falta de
Respeito.
Afinal, se tivessemos Respeito, saberiamos ouvir outras pessoas, saberiamos
aceitar diferentes idéias e opiniões, e talvez as coisas não estivesse tão ruim assim
não é?
Sempre foi assim?
Talvez, a partir do momento que se perde o respeito ou se prioriza algo
cria-se a violência
Qual a relação Homem/Violência?
Isso é básico, não?! O homem com sua terrivel mania de esquecer do respeito ao
próximo cria a violência (até aqui estamos tratando de
violência branca, aquela que se é dada por miséria, injustiça, falta de conforto familiar, assistencia governamental e populacional).
A violência é vista de vários ângulos diferentes, diferentemente do que muitos pessam
violência não é só o crime propriamente dito, é o que foi citado no parenteses acima, a falta de Consideração ao próximo por meio de injustiças e falta de
Solidariedade.
Outra violência é aquilo que chamamos de "passivo" é ver o que acontece e não se manifestar
é fazer de conta que não está acontecendo, como quando votamos em um político corrupto
e não o tiramos do cargo ou não exigimos melhoras, isso é violência passiva.
Violência tem tudo a ver com
Criminalidade, afinal é da violência que o crime começa.
Se houvesse uma assistencia governamental para a miséria, se houvesse um equilibrio social
poderiamos começar a controlar a violência.
Há formas de impedir a violência?
Evita-la é impossivel, porém é possivel trata-la, com uma base solida e em três conseitos
é possivel diminuir a violência e a criminalidade. Baseando-se em
Respeito, Consideração e Solidariedade.
Trabalhando em cima desse
Principios e Virtudes
somos capazes de mudar o mundo
e diminuir a violência

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Depressão


Poucos sabem o que realmente é e o que faz e, o principal... Como tratá-la.Depressão não é só aquela tristeza incondicional que todos pensamé uma doença física que age no seu psicológico e mental.Seus sintomas são básicos e fáceis de reconhecer, porém pode ser confundidos facilmentecom qualquer desanimo ou estresse. São eles:
*O descontrole alimentar:
Faz o indivíduo comer compulsivamente ou quase não comer, ou seja, falta de apetite.
*Perda de humor e/ou interesse nas coisas:
Sabe quando alguém fala ou o professor está explicando a matéria e o aluno "viaja"?É quase isso, só que em tudo, a pessoa perde o interesse e a criatividade o que é malpois 98% das pessoas que ficam com depressão são sensíveis, tais como, artistas, atores, compositores, escritores, desenhistas e várias outras que mexem com o ladocriativo.
*Desanimo e perda de energias:
O depressivo não tem vontade de sair da cama, nem se quer para ir a alguma festaou qualquer outra coisa, mas não é por preguiça ou falta de vontade, é porque não tem animopara isso, se sente fraco, e em determinadas situações se sente mal e desconfortável fora da cama.
*Dificuldade de concentração:
Com os sentimentos embaralhados fica um tanto complicado se concentrar em alguma coisaque não seu sentimento infeliz de abando e tristeza, a pessoa não consegue mais prestar atençãoem nada que não faça parte de seu mundinho sombrio.
*Lentidão no raciocínio lógico e atividades mentais:
O depressivo tem dificuldade até nas contas mais simples, e se sente incapazde realizar tarefas que necessitem pensar. Para jovens estudantesisso muda completamente o boletim. Podem afetar a memória que grava as coisas na hora da prova.
*Sentimentos negativos:
Eles variam de pensamentos ruins até o próprio suicídio. O doente sente que não conseguemais viver com tanta dor, que ele mal consegue saber de onde vem, pensa apenas no lado negativo das coisas e tem sempre um sentimento de culpa.
*Exclusão e isolamento:
Sente-se deslocado e sente que ninguém o aceita ou vai entender seus sentimentos, entãocria um mudo só seu, onde fica isolado dos outros no quarto.
*Desesperança:
O individuo sente que nunca vai conseguir melhorar, o que leva a não procurar ajuda, o que só atrapalha mais.

É complicado perceber quem tem ou não depressão, as pessoas não sabem bem identificar seum amigo tem ou não, os depressivos falam e agem normalmente com família e amigosporém perdem a vontade de tudo, tem um declínio notável na escola e no trabalho, porém algo imperceptível aos outros. Quem tem depressão chora muito, pois não desabafam o que sentemporém nunca na frente de alguém, não gostam de falar sobre o assunto, e não gostam de contarpara outras pessoas, mesmo os amigos. Todos esses sentimentos atrapalham a pessoa, já que com tanto pesar assim a pessoa se sente sobre pressão o que leva ao suicídio. Mas... qual a causa da depressão? Isso ainda é difícil de descobrirem algumas pessoas começam por perdas de pessoas queridas ou de coisas queridas, em outras a depressão começa pelo estresse que acumula no paciente grande carga, o que faz com que ele se sinta responsável pelo mundo todo. Pessoas sensíveis, como comentei acima, tem mais facilidadepois sentem tudo o que acontecem, algumas pessoas criam a depressão até mesmo por verem jornais e absorverem todo aquele sofrimento mundial.
A depressão é algo cada dia mais freqüente, principalmente no mundo jovem, isso por que alguns sentem uma cobrança muito forte do colégio, dos pais, em casa, do mercado de trabalho.Tirando os jovens usuários de drogas (que faz com que fiquem depressivos, pois a droga começa a não satisfazer mais) a depressão é algo que não deveria estar sujeito a jovens. Porém não é isso que os índices mostram, com alto nível de divórcios entre os pais, pais cada dia mais sem tempo para conversa, e amigos cada vez mais distantes, fica mais fácil sentir os sintomas da depressão, o que leva a pessoa a sentir culpa por não poder ajudar os pais, não sentir-se capaz para um mercado de trabalho exigente e sentir falta de alguma coisa, sentir-e incompleto.
A depressão tem cura e não é só com terapia. Quando detectada é legalprocurar tratamentos alternativos que não deixem o paciente se sentido "problemático” como o uso dos
Florais que são substancias medicinais que usa o poder da essência das flores a partir do método criado por Edward Bach que não cura a doença e sim a pessoa ou Homeopáticos são bem parecidos, porém muito mais diferentes, e usa um principio fundamental em sua cura "os semelhantes curam-se pelos semelhantes", ou seja, o mesmo remédio pode deixar uma pessoa saudável com sérios problemas e uma com vários problemas, saudável.

Bom mesmo é sempre ficar atento e procurar ajuda logo que descobrir o problema.

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Mudança de habito


Entre coroas e muralhas
Não espere sua fada
Sentar e ver batalhas
Quero ser mais que princesa mimada
Cansei de ver meu povo sofrer
E eu aqui, vendo tudo acontecer
Pra mim chega de ficar aqui sentada

Vou mudar a realeza
Já cansei, seja príncipe ou princesa
Vou mudar suas cabeças
Real mundo fútil
Onde muitos se preocupam apenas com o inútil




As verdadeiras princesas são aquelas
que trocam a coroa por espada
e o conto de fadas pela dura realidade

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

A arte de Viver bem


Não preocupe-se com pequenos probleminhas
Levante a cabeça e siga em frente
Entenda que tudo que você quise já é seu
Você tem o mundo nas mãos
Você pode ter tudo o que desejar
Basta querer, Basta tentar
Seja você mesmo e sorria ao mundo
Pense que ninguém quer te ver cair
As pessoas más, são obustaculos a serem superados
Desafios existem, afinal a vida tem que ter emoções, ser exitante
Ame para ser amado
Espalhe alegria
Grite bem alto
Viva, seja feliz acima de tudo
Não ligue para coméntarios
Faça o que quiser, o que achar certo
Faça o que te faz feliz
De prazer a alguém
Sinta-se bem para mudar o mundo
e num pequeno gesto de bondade
encontre sua verdadeira felicidade

quinta-feira, 31 de julho de 2008

O grande problema de Débora


Débora tinha um problema, um problema dificil de resolver.
Débora queria soluções, porém não achava.
Débora procurou ajuda em sites, livros, jornais e revistas
Débora não achou.
Todos queriam dar palpite na vida de Débora, o que deixou ela mais confusa.
Débora achou que estava louca, procurou ajuda médica.
O médico disse á Débora que não havia o que fazer em seu caso.
Débora preocupou-se.
Débora tinha um amigo, muito amigo. Seu nome era Paulo.
Paulo consolava Débora dia e noite, porém Débora sentia seu problema
se agravar sempre que estava com Paulo.
Paulo ficou preocupado, pois achou que Débora não queria mais sua amizade.
E de fato Débora não queria, pois descobriu o seu real problema.
Quando se aproximava de Paulo seu problema se agravava, pois eram amigos.
Quando Débora contou a Paulo, tudo mudou, e o problema de Débora acabou
Pois Paulo não era mais seu amigo, mas sim seu namorado.


Para aquele amigo maravilhoso... EBM
Com todo o meu amor, por tudo o que a gente já passo...
E antes de ser qualquer coisa sua, sou sua amiga, sua irmã, sua mussarela

quinta-feira, 10 de julho de 2008

O Valor de cada coisa

Quanto vale uma vida?
O preço de um resgate
Quanto vale uma vida?
o preço de um animal
Quanto vale uma vida?
o preço que uma clinica ilegal cobra para fazer um aborto
Quanto vale uma vida?
o preço que a vaidade paga em cirurgias redutoras ilegais
Quanto vale uma vida?
o preço que um jovem paga em drogas
Quanto vale uma vida?
o preço que policias corruptos se vendem ao crime
Quanto vale uma vida?
o preço de um carro novo em alta velocidade
Quanto vale uma vida?
o preço de uma caixinha de cigarro
Quanto vale uma vida?
o preço de uma garrafa de bebida alcolica
Quanto vale uma vida?
o preço de uma arma perto de quem não tem amor
Quanto vale uma vida?
Fica a pergunta: Quanto vale a SUA vida?

Agora,

Quanto vale um dia em familia?
Quanto vale um dia com quem você ama?
Quanto vale um passeio ao ar livre?
Quanto vale um momento de reflexão?
Quanto vale um pouco de carinho para com os outros?
Quanto vale uma adoção de animais ao inves de um compra?
Quanto vale ser feliz com coisas simples?
Quanto vale estar bem consigo mesma e seu corpo?
Quanto vale sorrir e ser simpatico?
Quanto vale ter paciencia?
Quanto vale uma amizade verdadeira?
Quanto vale um "bom dia"?
Quanto vale um beijp em quem você gosta?
Quanto vale ajudar quem precisa?
Quanto vale um elogio a quem merece?
Quanto vale ser verdadeiro?
Quanto vale um banho de chuva?
Quanto vae um ceu estrelado?
Quanto vale o som da natureza?
Quanto vale aquele dia especial?
Quanto vale ler aquele livro?
Quanto vale um por do sol?
Quanto vale ser feliz e não pagar nada por isso?!

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Ela


Ela é rebelde
Ela é fria, mas passa calor
Ela é diferente
Ela se sente diferente
Ela se sente deslocada
Ela se sente mal até quando se sente bem
Ela esconde por tras de seu lindo sorriso lágrimas
Ela tenta melhorar
Ela quer melhorar
Ela é feliz, mas vive triste a alguns meses
Ela quer se destacar, mas gosta de ficar na dela as vezes
Ela é gentil e educada e faz aos outro bem, mas ela se sente mal
Ela tenta
Ela consegue, mas se sente incompleta
Ela faz os outros pensarem que é por causa de um ELE, mas não
Ela se sente assim por causa DELES/DELAS, por causa do mundo
Ela não está bem, mas disfarça bem, ninguém sabe o que se passa com ela
Ela quer se libertar, ser livre, mas quer ficar ali
Ela não quer muito, mas quer mais
Ela não se sente completa
Ela não se sente incompleta
Ela tem sonhos, mas pensa em desistir deles
Ela quer realizar tudo o que sonha, sabe que consegue, mas não tem forças
Ela consegue tudo, mas o tudo não a faz feliz
Ela tem pessoas especiais, mas acha que nenhuma vai entende-la
Ela esta certa
Ela acredita em contos de fadas
Ela vive na realidade, mas não ignora sonhos
Ela esconde segredos
Ela acredita em mágia
Ela tem medo, mas é segura de si
Ela é menina
Ela é mulher
Ela quer
Ela pode
Ela chora
Ela sente frio
Ela sente ausencia de um carinho maior
Ela sabe que outras gostariam de estar no lugar dela, nas aparecias a vida dela é perfeita,
Ela tem tudo, tem familia, amigos, tem ele, tem eles, é admirada, é bonita,
Ela é inteligente, mesmo assim não se sente feliz, não tem animo, não quer nada
Ela prefere ficar em casa em meio ao tedio, que a sair com os amigos
Ela ignora elogios
Ela ignora comentarios bons ou ruins
Ela, ultimamente, não quer nada, mas quer tudo
Ela quer reagir a tudo o que está acontecendo, mas se sente fraca
Ela perdeu o animo, a alegria de viver
Ela sente tudo cair por melhor que esteja
Ela so espera que alguém a entenda
Ela aguarada a ajuda de alguém
Ela precisa de algum apoio, mas ela nega isso
Ela quer ter certeza que ninguém vai ter dó dela
Ela ignora esse sentimento
Ela so precisa desabafar com alguém que a entenda

terça-feira, 24 de junho de 2008

Urbano!


"Somos desenhos
Imperfeitos, sem linhas e traços
Apenas com frios sorrisos e falsos abraços
Cada mentira, é um fracasso
e em sinal de medo, apenas aperte o passo"
Raffa* G. Filippetti


Da janela ouço um grito,
Dessa semana é o quinto
Outro assalto,
Mais alguém foi roubado
Da janela vejo alguém
A sangue frio fora assassinado
Agora, ao cemitério, está endo levado
Na TV as notícias, tristezas
Pobres infelizes
Tantas crises
Poucas crenças
Na TV a falta de esperança
Dos bons tempos, só a lembrança
Não posso fechar os olhos
Porém não quero mais ver tanta tristeza
Por causa da maldita avareza
Não posso fechar os olhos
Mas não consigo mais ver
Tanta gente sem ceder
Um pedaço de pão, ou um pequeno tostão
Chega de maldade, sofrimento, bobagem
Paro agora de escrever, mas tudo isso não vai parar
De acontecer

terça-feira, 10 de junho de 2008

Palavras Soltas


Coração, farofa, paçoca, feijão
Amigo, criança, princesa, salada, ladrão
um, dois, dia, sol
mar, maré, chuva, vento
Abraço, amasso, vida, felicidade
marido, colher, saudade

beleza,alma,pureza,natureza
xícara,maresia,café,dilema
machucado,descida,escada,subida
civil, capitão, tenente, patente
cientista, inventor, masoquista
doença, cura, crença, tratado

Disco, rodizio, macarrão, fácil
Marca, agua, foto, delirio
rio, cascata, tedio, fragata
Mané,árvore, ônibus, discurso
Diurno, tristeza, gatorata, paciência


Pastel, hemácia, cortada, cartada
Feio, bobo, moderno, vício
lua, fundo, razo, pato
carro, nuvem, besteira
palhaço, bobagem, bagagem, tonteira

Passado, reflexo, meio, rato, gato
sábio, junto, separado, oposto
certo, errado,mais, menos
beijo, colo, quando, onde

espelho, eu, mim e fim.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

O desabafo de uma garota


Não, eu não to bem!
Talvez eu não fique bem, mas e dai?! Quem liga?!
eu estou assim a uns dois dias, sete horas e trinta minutos, mas quem está contando?
Talvez seja algo emocional, de qualquer forma, eu quero ficar bem, mas não acho forças para isso. Sei o que meus amigos vão dizer, que tenho que tirar forças de quem me ama, tipo eles.
Mas e quando você entra em crise que ninguém te ama? E quando você perde a noção da realidade e até do imaginario?
Sabe aqueles dias que você não quer de forma alguma levantar da cama, mas não por sono
mas porque não quer encarar o mundo?
Sabe aqueles dias que você não quer nada, nem ninguém, so que as coisas melhorem?
Que qualquer coisa é motivo de choro? Mas não é um choro qualquer, é uma forma de mostrar que você não ta bem a si mesmo.
Eu quero ficar bem, voltar a ser quem era, mas...Não consigo, a dor superou a força de vontade
e juro que não sei porque estou assim. Um desanimo bateu, mas bateu tão forte que arrobou o coração e destruiu os sentimentos, mas a dor é de ferro, ela resistiu.
Por que logo a dor? Por que não resistiu o amor ou a alegria de viver.
Logo a DOR, minha pior inimiga, sempre quis estar bem, não por mim
mas para ajudar quem eu amava, agora quem eu amo está bem, querendo me ajudar
mas não conseguem, por que nada que eles digam vai me fazer melhorar, não se pode curar algo que nem você sabe o que é!
eu não aguento mais, algo aconteceu comigo, e não foi bom, mas porque?
Se namorados não é problema, amigo eu sei que tenho os mais verdadeiros, amor de ambas partes não me falta, tenho de tudo (eu acho) e por que então esse sentimento tomou conta de mim?
Não quero nada com ninguém, eu quero ajudar os outros, sei que precisam de mim, mas
não tenho forças nem pra me ajudar, como posso pedir para alguém ser feliz com a vida, se eu não estou feliz?
Como dar a volta por cima?!
As pessoas esperam que eu seja sempre feliz, animada, eu de fato quero ser assim
mas...como?!
Você não sabe como é se sentir assim.
Eu quero mesmo lutar, mas não tenho mais forças
busco-a no amor de amigos e parentes, mas...não consigo.
Tem gente que precisa de mim, mas não posso ajuda-las.
Todos esperam que eu esteja sempre bem, mas não consigo, herois também caem
mas é mais dificil de se levantar!
Sabemos levantar os outros, mas não sabemos nos levantar.
Preciso de algo que me melhore, quero ter motivo pra acordar todos os dias sorrindo
mas não encontro, sei o que meus amigos vão dizer, eles dirão que eu encontrava isso neles
e continuo encontrando, mas...é diferente, preciso de força.
Eu perdi a coragem para encarar o mundo, para bater de frente com os outros
eu perdi a coragem para lutar pelo que eu quero, para assumir minhas batalhas e enfrentar meus medos.
Eu mudei, mesmo sem querer, eu mudei.
E odeio essa nova eu!



"E se eu quisesse lutar? E pelo resto da vida implorar, o que você faria?"
Pitty, 30 seconds to mars - The Kill



Ps Importante: Só de aviso mesmo, isso não é bem o que sinto, é uma ficção com realidade.
ão é tudo real

Olhos, uma janela de sentimentos


Hoje vamos debater a importancia dos olhos em nossa vidinha quase que vazia.
Nossos olhos servem para?
-dããã, pergunta estupida! Enxergar né Raffaella!
Essa para alguns foi a pergunta mais besta, e para outros a resposta mais ignorante.
Nossos olhos vão muito além da pupila, iris e séries de coisas mais. Nosso pequeno olho pode dizer mais do que nós mesmos imaginamos, ele é mais que algo para se "decorar", é mais que um simples enfeite que nos melhora a estetica, é muito mais que um simples componente do nosso
corpo em que passamos sombras, lápis, que colocamos lente para ficar com outra cor. Dúvida?!
Provarei!
Sabia que há um médico supereficiente que pode descobrir o que você tem só vendo sua íris?
Sério, ao entrar no consultorio dele, você não precisa falar o que sente, ele analisa sua iris e descobre suas dores e ve a doença! Mágico não!?
Além disso nossos olhos são fonte de nossa verdade, quando você mente para alguém desvia o olhar (sem nem perceber) para a direita, isso mostra que seu cerebro esta criando!
Para falar a verdade a uma pessoa, você olha diretamente nos olhos dela, e se ela for tão sensivel quando o seu olhar, vai perceber sinceridade em cada palavra.
Em cada olhar se percebe o pensamento das pessoas, e o que elas querem dizer, o que
cada uma sente, você sabe dizer quando alguém esta triste, mesmo sem conhecer a pessoa
e mesmo sem ela dar sinais, você percebe o olhar vazio dela, você sabe identificar alguém
desconfortavel com uma determinada situação, apenas por seus olhos, a alegria de um torcedor é emitida no brilho dos seus olhos ao ver o gol da final, a alegria de uma mulher por ser pedida em casamento pelo homem amado é expressa por um brilho mais que perceptivel nos olhos dela.
A sinceridade de um namorado ao dizer "Eu te amo" para sua amada é mais que notavel ao olhar nos teus olhos.

Um olhar. É isso que basta para mostrar a alguém o que ela significa para você.
Um pequeno olhar desviado mostra que você não se importa com o que está sendo dito.
Um olhar, por minimo que seja, mostra tudo o que você sente, mostra que você parou por um minuto e prestou atenção a sua volta.
Aquele olhar "pro nada" mostra que você você esta longe, com pensamentos infinitos
que variam desde a origem do universo, até o fim dele.

Finalizando: Quem não entende um olhar, tão pouco entenderá uma explicação toda!

sábado, 24 de maio de 2008

A difícil tarefa de fazer uma crônica


A professora, empolgada, me pediu para fazer uma crônica, fiquei logo
animada.
Chegando em casa, lápis e papel.
Que droga! Não consigo pensar em nada
Ando, penso e paro
Solto um grito desesperado.
Não acho tema, que problema
Releio a apostila, pra ver se acho uma saída
Do caderno tento tirar ideias, mas não sou bem sucedida
Vejo livros, acho Shakespeare, procuro Bandeira, vejo Bloch, aparece Drumond
ué, esse não inventou o avião?!
Mas que diabos, não tenho tema pra redação
Troco "S" por "C", e agora, o que fazer
Lá na sala, o que é que vou dizer?
A professora não vai perdoar, dessa não consigo escapar
Nem humorística, nem apelativa
Apelação é o que vou usar amanha se não fizer a redação
O jeito é usar a metalinguística
Mas, espera...Isso não é física?!Não tem nada a ver
e eu, não sei mais o que fazer
Estou ficando atonita, com essa difícil tarefa de fazer uma crônica



(19 de fevereiro 2008)
Redação que fiz para entregar




sábado, 17 de maio de 2008

O que sabemos de amor?




Esses dias, fiz algo muito raro: Assisti a novela.Nossa...o que tem de tão importante nisso?
Bom é que eu reparei num fato, que talvez ninguém tenha reparado.
Sentei no sofá bem na hora em que Maria Paula, personagem de Marjorie Estiano, conversa com seu filho.
O menino diz a mãe a seguinte frase: "Mas mãe, você ama meu pai e ele te ama, por que você não casa com ele?" ela responde o seguinte: "Você não sabe o que é amor Renato, você ainda é muito pequeno".
Você deve estar pensando "Nossa Raffa*, legal, mudou minha vida. Ah e ai? O que, que eu tenho a ver com isso?"
Bom, o que me deixou nervosa, foi o fato dela virar pra ele e dizer que ele não sabe o que é amorpor ser muito pequeno, e ela por acaso sabe? Quem garante?!
Não é a primeira vez que eu escuto esse tipo de bobagem, um "adulto" falando para um jovem ou uma criança, que eles não sabem amar, por serem pequenos.Em primeiro lugar "amor" é uma palavra relativa. Vai de sentimento. Lembram-se daquele filme "Meu Primeiro amor"? Eles tinham 11/12 anos, e se amavam. Amor, não é definível por palavras, por idade ou qualquer outra coisa. É apenas sentimento, amor não tem idade, estamos sempre maduros quando amamos.
Agora me vem na cabeça: Um "adulto" sabe amar?
LOGICO QUE NÃO, por que se soubessem não haveria tantas separações, tantas famílias desfeitas por causa de um casamento que não deu certo, não haveria tantas brigas entre casais que dizem se amar, o amor não acabaria em uma única noite.
Ou seja, aqueles que querem dizer que sabem muito do amor, sabem menos que nós.
E é uma total hipocrisia, querer vir nos ensinar algo, sobre a qual nem eles sabem.
A minha opinião é que não há nada mais verdadeiro que um amor de adolescente.
Aquelas juras de amor do tipo "vamos ficar juntos para sempre", pra mim, quando há sentimento entre os dois não há nada mais real, e mais puro. Amor de criança, aquelas que crescem juntas, acabam por se apaixonar, é o amor mais perfeito e sincero que existe.
Agora, um adulto, que nunca diz "eu te amarei pra sempre" por que parou de acreditar em contos de fadas, e tem pra ele que nada é para sempre, ou tem medo de se machucar,o que sabe do amor?!

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Mãe!


Minha mãe me ensinou a apreciar um trabalho bem feito:

"SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO PRA FORA. EU ACABEI DE LIMPAR A CASA!!"

A ter fé:

"É MELHOR VOCÊ REZAR PRA ESSA MANCHA SAIR DO SOFÁ"

A lógica:

"POR QUE EU ESTOU DIZENDO, ACABOU, PONTO FINAL!"

O que é motivação:

"CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA VOCÊ CHORAR!"

A contradição:

"FECHA A BOCA E COME!!!"

A ter força de vontade:

"VOCÊ VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TUDO"

A valorizar um sorriso:

"ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!!!"

A retidão:

"EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!!!"


É isso aii, mãe é mão né!
Mas as vezes elas vem com defeito de fabricação: Briga demais, grita com a gente
deixa de castigo, ás vezes sem motivo.
Mas sabemos que na cabeça delas isso é o certo e o melhor para nós. Então o jeito
é agradecer mais que tudo e parar pra pensar que não são todas as pessoas no mundo que tem uma mãe.
Parem e pensem: Tem gente que não tem mãe, tem gente que foi abandonado pela mãe, tais
pessoas dariam tudo para ter uma mãe que os colocassem de castigo quando fizessem besteira, tais pessoas fariam de tudo para ter uma mãe que contasse histórias antes de dormir, que estipulam horários para sair e voltar da balada, que brigasse por deixar roupas jogadas no chão do banheiro/quarto, que consolasse quando as coisas não vão bem, enfim que fazem todo esse trabalho. Ou seja, valoriza sua mãe, ela é única, e por mais chata que
ela venha a ser as vezes, ela te pois no mundo (pelo menos acho que niguém aqui nasceu de um repolho) e você deve isso a ela.
Há casos onde a mãe abandona o filho ou simplesmente não o quer, rejeita-o, ou o vende.
Pessoas vítimas disso não devem ter raiva de sua "mãe", pelo contrário, devem pensar que mesmo sendo abandonado ela te pois no mundo e além disso devia ter algum problema.



Mããããeee, te amo!



Piadinha de mãe:

Num dia, proximo ao dia das maes, a professora de Joãozinho

pediu aos alunos que fizessem uma redação com o tema "Mãe, só tem uma".

Deu-lhes o prazo de dois dias para entrega. No dia da entrega, ela pediu aos alunos que
lessem em voz alta suas redações. Joãozinho, para espanto da professora, queria ser o primeiro a ler. A professora autorizou, e Joãozinho começou:

- Quando saio da escola, subo o morro, chego em casa
chegando no meu canto, meu barraco arrumado, vejo minha mãe
com outro cara deitado.
Chego no quarto, vejo os dois no amasso.

Minha mãe me olha e diz: "menino, vá na geladera e nos traga duas cervejas"
eu vo na cozinha abro a geladeira e de lá grito "Manhêêê, so tem uma!"


sábado, 10 de maio de 2008

Medo, palavra comum

Por que temos medo?!
Sejam eles grandes ou pequenos, bobos ou não, todos nós temos. Mas, depois que crescemos eles se manifestam de maneira maior, parece que por sermos maiores, podemos controla-lo, mas não.
Lembrem-se de quando tínhamos, nossos cinco anos, lembraram?o que fazíamos quando tínhamos medo?
Nos agarrávamos em nossos ursinhos de pelúcia, corríamos para o conforto de alguém,pensávamos em super-herois, enfim, tínhamos como escapar.
E hoje? Nossos medos são tantos, e tão diferentes de antes, o medo do trovão tornou-se medo do tiro, o medo da chuva transormou-se em medo do sofrer, o medo de ficar sozinho em medo de permanecer sozinho, medo de palhaços, em medo de falsos amigos.E as vezes não mostramos aos outros o que sentimos, isso alimenta esse medo.
Ouvi, esses dias, que talvez Deus não exista, nos criamos esse “mito” para nos confortamos quando o medo de qualquer coisa bate.
Será mesmo? Será que Deus, foi o conforto que procurávamos quando pequenos, e agora se reflete na criação de um ser superior?
Seja lá como for, nossos maiores medos nunca seram superados sozinhos, temos o custume de achar que somos capazes de tudo sozinhos, mas se quando éramos menores precisávamos de algo para superar o medo, por que agora seria diferente? Precisamos tanto de alguém , quanto alguém precisa de nos. É total prepotência acharmos que somos sempre os melhores.
Ninguém é tão bom que nunca tenha precisado de alguém.
Medo talvez, seja só uma manifestação de solidão.